MENU

Defesa Civil determina demolição de 11 imóveis em Bragança Paulista

Defesa Civil determina demolição de 11 imóveis em Bragança Paulista

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 8:08

Onze imóveis de uma movimentada avenida no Centro de Bragança Paulista, a 85 km de São Paulo, terão que ser demolidos devido aos estragos causados pela chuva. Eles foram construídos sobre um rio e, com o temporal e os alagamentos, sua estrutura foi abalada. Há risco de desabamentos.

A determinação da Defesa Civil da cidade para os proprietários é de desocupar o local. Em uma loja de autopeças, os funcionários correram com a mudança. O proprietário teve que alugar um novo espaço para não ficar sem clientes.

“Está tudo bagunçado, revirado, por causa dessa enchente. Estamos fazendo a mudança para tentar recuperar este prejuízo”, afirmou o proprietário Rafael Montoni Costa.

Os problemas ocorreram na Avenida José Gomes da Rocha Leal. No quarteirão afetado, há 16 imóveis – 11foram interditados. Um geólogo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) vistoriou o local. No laudo apresentado por ele à prefeitura, algumas construções ameaçam desmoronar e vão ter que ser demolidas.

Um dos imóveis afetados é o que abrigava um restaurante. Parte do chão cedeu, abrindo uma cratera. A canalização do Ribeirão Lavapés, que passa na área, não suportou o excesso de água. A canalização deverá ser feita por uma estrutura metálica com pedras.

“Estes prédios não vão poder ser construídos. Vai ser estudado pela engenharia da prefeitura junto com o IPT de São Paulo para nós revitalizarmos esta área de uma forma totalmente diferenciada”, contou o prefeito de Bragança Paulista, João Afonso Sólis.

veja também