MENU

Delegado diz que homem detido em SP não é o sequestrador de menina em culto

Delegado diz que homem detido em SP não é o sequestrador de menina em culto

Atualizado: Quarta-feira, 27 Junho de 2012 as 5:17

iG São Paulo

Homem preso nesta quarta-feira tinha traços físicos do suspeito de levar menina de 4 anos de culto evangélico em São Paulo, mas testemunhas disseram que não são a mesma pessoa

O delegado titular do 6º Distrito Policial, José Carlos Marques, afirmou nesta quarta-feira que o homem detido pela Polícia Militar não é o suspeito que a polícia procura pelo sequestro da menina B.G.S, de 4 anos, que foi encontrada na última segunda (25), após duas semanas e dois dias desaparecida.

Segundo agentes do 6º Distrito Policial, onde o caso é investigado e onde o suspeito estava detido prestando depoimento, Alex Gomes de Carvalho, de 18 anos, responsável pelo reconhecimento da menina, não reconheceu o homem como sendo o sequestrador. O momento do encontro entre os dois aconteceu por volta das 13h desta quarta-feira.

Segundo agentes do DP, o suspeito continuava na delegacia por volta das 15h, mas após algumas entrevistas, seria liberado. 

Após mais de duas semana desaparecida, a menina foi vista pelo vizinho Alex Gomes de Carvalho, de 18 anos, enquanto era carregada por um morador de rua. A garota havia sumido durante um culto da Igreja Pentecostal Deus é Amor, no Cambuci, zona sul de São Paulo.

Nesta terça-feira, a polícia Civil de São Paulo divulgou uma imagem do suspeito de ser o sequestrador. Jorge Antunes Cardozo, de 47 anos, é procurado após ter seus documentos encontrados em uma carroça próxima ao local onde o suspeito fugiu após a menina ser reconhecida. Durante conversa com policias, a menina teria contado que dormiu em uma carroça durante os dias em que ficou longe da mãe.

 

 

Com AE

veja também