MENU

Delegado vai responder por ameaça a PMs e atirar em estudante em MT

Delegado vai responder por ameaça a PMs e atirar em estudante em MT

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 1:26

O delegado da Polícia Federal Bráulio do Carmo Vieira de Melo, que atirou contra o estudante Thiago Pederneiras Taques, nesta quinta-feira (19), em Cuiabá, irá responder pelos crimes de disparo de arma de fogo, desacato e ameaça aos policiais que efetuaram a prisão dele. Após prestar depoimento à Polícia Civil, ele foi encaminhado à PF e deve continuar detido.

Em depoimento ao delegado Jeferson Chaves no início da tarde de ontem, Bráulio alegou ter sacado a arma ao ouvir barulhos "estranhos" e, por isso, disparou para o alto, usando uma pistola 9 milímetros, que também foi apreendida. Ele não deve responder pelo crime de tentativa de homicídio e lesão corporal, pois a vítima não o representou judicialmente.     Os crimes ocorreram na rua em frente à Praça Santos Dumont, em Cuiabá, quando o delegado e o estudante saíam de casas noturnas distintas, situadas na região central. O estudante, porém, sofreu apenas ferimentos leves por estilhaço da bala e foi atendido no próprio local por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com os policiais do 10º Batalhão da Polícia Militar, que atenderam a ocorrência, o delegado fez várias ameaças contra os dois PMs, dizendo que iriam se arrepender de abordá-lo. Além de permanecer preso, Vieira de Melo terá a conduta investigada pela Corregedoria da PF em Mato Grosso, a partir da instauração de um processo disciplinar, como antecipou o corregedor Aderson Vieira.        

veja também