MENU

Demora no atendimento do 190 preocupa quem precisa da polícia

Demora no atendimento do 190 preocupa quem precisa da polícia

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 4:31

 A demora para o atendimento do serviço 190, da Polícia Militar do Paraná (PMPR) tem preocupado quem precisa de atendimento. Segundo a PMPR, o tempo médio de espera para a ligação ser atendida é de um a três minutos. No entanto, em horários de pico, esse tempo pode chegar a cinco minutos.

Yang Michael reclama que teve de ligar mais de 10 vezes para ser atendido, quando tentava registrar uma ocorrência de barulhos em frente à sua residência. “A gente se sente complemente indefeso, impotente perante a situação”, afirmou.

O Coronel Mauro Monteiro, porta-voz da PMPR, garantiu que já existe previsão para compra de mais e novos equipamentos, além da contratação de policiais para atender as ligações feitas para o serviço. O chefe do Centro de Operações Policiais Militares (Copom), Robson Lima, concorda com a necessidade de adequação. “A gente não pode permitir que um minuto de espera seja um tempo razoável. Quem está precisando de polícia, está precisando de ajuda imediatamente, não aguenta esperar um minuto, (nem) dez segundos”, disse.

Além disso, Robson também orientou que é preferível que o cidadão aguarde na linha para ser atendido, do que tente ligar repetidas vezes.

O 190 recebe cerca de 156 mil ligações por mês, e cerca de 21 funcionários se revezam para atender a todos esses chamados. Desse total, 14% dizem respeito à reclamações de perturbação de sossego, 9% exigem a presença da polícia no local, 7% denunciam roubos e 6% registram acidentes de trânsito. 31% das ligações são para requisitar informações, e existem ainda 15% de trotes.

A PMPR orienta que no momento da ligação, o solicitante deve manter a calma. “É muito importante que a pessoa, ao acionar o 190, tenha calma (...) embora esteja em uma situação de stress, para passar o maior número de detalhes possíveis para que o atendimento seja mais rápido e seguro”, afirmou o Coronel Periguary Fortes.

Após o preenchimento da ficha, a prioridade do chamado é avaliada e as viaturas são encaminhadas. Os policiais levam em média de 15 a 30 minutos para chegar ao local.        

veja também