MENU

Dentistas de Curitiba entram em greve por tempo indeterminado

Dentistas de Curitiba entram em greve por tempo indeterminado

Atualizado: Quinta-feira, 22 Setembro de 2011 as 12:06

Os 628 cirurgiões dentistas da prefeitura de Curitiba decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (22). A reivindicação dos profissionais é a equiparação com os salários dos médicos da capital. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc), propôs que 20% dos funcionários continuassem trabalhando durante a greve para que a população que precisa dos serviços de urgência e emergência não seja afetada. O restante da classe vai aderir a paralisação, segundo o sindicato. A partir das 10h, os dentistas vão se concentrar na frente da sede da prefeitura para fazer protestos e tentar uma possível negociação.

"A população deve se informar na unidade de saúde mais próxima sobre quais os postos onde poderá ser atendida", afirmou a dentista Gisele Rauli, que representa os grevistas.

"Nós não queremos aumento, apenas estamos buscando a isonomia salarial com a classe médica. Em junho deste ano, o prefeito Luciano Ducci mandou uma mensagem à Câmara dos Vereadores com um projeto de lei que excluía os dentistas da tabela salarial dos médicos, que desde a década de 50 era a mesma. Como os médicos tiveram aumento de 100%, nós queremos o mesmo direito, afinal, nós também prescrevemos e também damos atestados", finalizou Rauli.        

veja também