MENU

Deputado José Bruno acompanha trabalho da polícia contra pedófilo em Poá (SP)

Deputado José Bruno acompanha trabalho da polícia contra pedófilo em Poá (SP)

Atualizado: Quarta-feira, 29 Abril de 2009 as 12

Comunicado sobre a prisão em flagrante de suposto pedófilo na cidade de Poá, na noite de sexta-feira, dia 24 de abril, o deputado José Bruno telefonou, no exato momento da autuação, para a delegada de plantão Silmara Marcelino. O parlamentar, que luta contra o crime de pedofilia no Estado de São Paulo, cumprimentou o trabalho dos policiais civis e militares que participaram da operação. Entre eles: o soldado Elton Shuele dos Santos e o cabo Luciano Alves Maciel, que efetuaram a prisão.

O suposto criminoso foi flagrado com mais de 160 mídias diversas (DVDs, CDs, K7 e vídeos), além de quatro máquinas fotográficas e fotos de crianças, onde apareciam meninos e meninas em poses eróticas e cenas de sexo. "O acervo deixa claro que crianças eram exploradas sexualmente", declarou o parlamentar, que tem sido procurado freqüentemente por familiares vítimas de pedofilia e recebido diversas denúncias vindas de diferentes regiões do Estado de São Paulo.

A cidade de Poá, que faz parte da Região do Alto Tietê, figura no calendário de audiências públicas que estão sendo promovidas pelo deputado José Bruno para esclarecer a população, educadores e famílias, além da comunidade evangélica na qual tem sua base eleitoral, sobre aspectos sociais, médicos e a legislação referente à pedofilia.

Como cidade turística integrante do Circuito das Águas, Poá, junto com mais 10 cidades da região, participará da audiência pública que acontece no dia 4 de junho, na Câmara Municipal de Suzano. "Queremos contribuir para que as pessoas, especialmente as crianças, sejam protegidas desse crime que tem estado cada vez mais próximo de todos nós", justificou o parlamentar, que além dos seis projetos de lei apresentados em dezembro passado envolvendo pedofilia, já prepara mais dois ligados ao atendimento especializado em cidades paulistas. "Também estou promovendo um abaixo-assinado para que a CPI da pedofilia seja instalada com urgência na Assembléia Legislativa. Esses casos são a prova de que precisamos investigar mais profundamente essas ações criminosas", defendeu.

veja também