MENU

Desaparecimento de adolescentes aumenta 15% em 2011 em Minas

Desaparecimento de adolescentes aumenta 15% em 2011 em Minas

Atualizado: Quarta-feira, 9 Novembro de 2011 as 5:04

O número de adolescentes desaparecidas em Minas Gerais, com idades entre 12 e 17 anos, aumentou 15% de janeiro a outubro deste ano, em relação ao ano passado. Foram 475 casos no período. Ao todo, foram 2.289 comunicados de desaparecimento de pessoas em Minas Gerais.

De acordo com a delegada Cristina Coeli, a maior motivação para o desaparecimento das jovens é o conflito sexual que muitas enfrentam dentro de casa. Alguns sinais no comportamento das adolescentes podem indicar a vontade de fugir de casa, segundo a delegada, como a baixa frequência escolar. Em muitos casos, um relacionamento mantido em segredo é o maior desafio enfrentado pela polícia na investigação do desaparecimento. Quando nem os amigos mais íntimos da jovem conhecem a identidade do parceiro, a polícia se encontra, muitas vezes, em um ‘beco sem saída’.

“Anteriormente, buscávamos os passos com amiga confidente, a manicure, as situações da vida dela e através dos fatos traçávamos os passos. Hoje, ela não procura falar da vida privada”, disse a delegada Cristina.

Outro obstáculo encontrado pela polícia em alguns dos casos é não conseguir, da Justiça, o mandado de quebra do sigilo telefônico da jovem desaparecida. A delegada Cristina Coeli explica que, como o desaparecimento não é considerado crime, nem sempre é possível conseguir o mandado para ajudar nas investigações.

veja também