MENU

Desmatamento na Amazônia chegou ao menor índice da história em 2009, diz Minc

Desmatamento na Amazônia chegou ao menor índice da história em 2009, diz Minc

Atualizado: Sexta-feira, 29 Janeiro de 2010 as 12

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, informou na tarde de ontem, dia 28,que o índice de desmatamento na região amazônica atingiu o menor valor da história, entre outubro e novembro de 2009. Os dados serão apresentados pelo ministro na próxima terça-feira, 2 de fevereiro, em entrevista junto com a Polícia Federal. Segundo antecipou Minc, a tendência é de "baixa significativa". Ele, no entanto, não adiantou os valores.

O ministro afirmou que há 1 ano e 10 meses o desmatamento na Amazônia vem descrescendo, e que chegou ao menor índice no final de 2009. "Nós tivemos o menor desmatamento em 21 anos, desde que o Inpe [Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais] monitora [o desmatamento]. E esses novos números de queda já são em cima desse número que já foi o menor da história, então o desmatamento está indo para baixo realmente".

Para o ministro, os desafios agora são a ampliação do projeto Arco Verde, do Fundo Amazônia e do Fundo Nacional sobre Mudanças Climáticas. Minc defendeu o macrozoneamento da Amazônia que, segundo ele, é o "balizamento" para que esses empreendimentos tenham uma "interação sustentável".

Em maio, o desmatamento na Amazônia atingiu uma área de 123 km², de acordo com relatório do Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), divulgado hoje pelo Inpe. Em relação aos dados de maio de 2008, quando o Inpe registrou 1.096 km² de desmatamento, houve queda de 88%. A medição do Deter considera as áreas que sofreram corte raso (desmate completo) e as que estão em degradação progressiva. O sistema serve de alerta para as ações de fiscalização e controle dos órgãos ambientais.

veja também