MENU

Detendo morre e reeducandos fazem motim em cadeia de Mato Grosso

Detendo morre e reeducandos fazem motim em cadeia de Mato Grosso

Atualizado: Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 as 4:27

Os reeducandos da Cadeia Pública de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, se rebelaram e fizeram um motim nesta quarta-feira (21) após a morte de um detento por problemas de saúde. O tumulto durou cerca de quatro horas e só terminou após ser realizada uma negociação entre autoridades e representantes dos presos.

O motim começou após os presos da ala 3 pegarem um agente prisional como refém, por volta das 10h, durante o banho de sol. Eles usaram uma arma artesanal para deter um agente prisional. Ao tomar conhecimento da ação, policiais militares de Rondonópolis, cidade vizinha, e da Força Tática de Cuiabá foram acionados e deslocados para a cadeia.   No entanto, segundo informações da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejusd) ao G1 , o agente prisional foi solto sem ferimentos e a revolta foi contida por volta das 14h (horário de Mato Grosso) de maneira pacifica antes dos policiais entrarem na unidade. Não há informações de pessoas feridas.

Para por fim ao motim, os presos apenas exigiram das autoridades providências para melhorar as condições de permanência deles dentro da unidade prisional. Após uma reunião entre representantes da segurança pública e dos detentos, ficou acordado que parte dos 97 presos provisórios será transferido para outras unidades do estado. A cadeia comporta atualmente 159 presos. Por medida de segurança, o dia e o local para onde serão levados os presos não foram divulgados.

A Secretaria informou que o detento Nilton dos Santos Bailão, de 37 anos, morreu fora da unidade após receber atendimento médico. O reeducando cumpria pena por homicídio no Presidio de Água Boa, a 736 km da capital, e estava na unidade de Primavera do Leste apenas para prestar depoimento. Ainda segundo a secretaria, o preso pode ter morrido após sofrer um infarto, mas esta informação só deve ser confirmada após a autópsia.

veja também