MENU

Detran DF vai atrás de motoristas que dirigem com carteira suspensa

Detran DF vai atrás de motoristas que dirigem com carteira suspensa

Atualizado: Segunda-feira, 16 Maio de 2011 as 11:23

O Detran do Distrito Federal monitora e autua motoristas que tiveram a carteira de habilitação suspensa e continuam conduzindo veículos. O acompanhamento é realizado por quatro equipes em carros não caracterizados e inclui inspeções na vizinhança dos condutores. Identificada, a pessoa nessa situação recebe multa de R$ 957,70, tem a carteira de habilitação recolhida e veículo apreendido, além de estar sujeita a processo criminal.

De acordo com levantamento do Detran, 30% dos condutores que perderam o direito de dirigir por meio de processo administrativo ou judicial entregam a habilitação espontaneamente. Dirigir sob a influência de álcool lidera o ranking de infrações que motivaram a suspensão, com 2.534 carteiras suspensas somente no ano de 2010, seguida pelo não uso do capacete (457) e manobra perigosa (319).

“Há uma preocupação especial com os casos de licença suspensa por direção sob influência do álcool, isso porque as pessoas que comentem essa infração estão colocando vidas em risco”, comenta o gerente de fiscalização do Detran, Marcelo Madeira. Na avaliação de Madeira, os motoristas que entregam a carteira espontaneamente costumam ser aqueles que praticaram infrações. Os prazos para a suspensão do direito de dirigir variam de acordo com a gravidade das multas e a reincidência, podendo ser de 1 a 24 meses.

A operação com os carros não identificados do Detran também acontece em investigações de pegas (corridas clandestinas). A estratégia para flagrar a ação inclui a participação de agentes em mídias sociais da internet para saber data e horário das disputas. “A intenção do Detran é evitar que o acidente aconteça”, fala Madeira.

Como funciona

Após terem seus nomes publicados no Diário Oficial do DF e receberem notificação via carta registrada, os condutores com licença suspensa têm dez dias úteis para realizar entrega da carteira de habilitação na Gerência de Recursos de Infrações e Penalidades do Detran. A desobediência a partir desse prazo dá inicio à operação de monitoramento.        

veja também