MENU

Dilma diz a Obama que pode contar com Brasil na luta contra extremismo

Dilma diz a Obama que pode contar com Brasil na luta contra extremismo

Atualizado: Domingo, 11 Setembro de 2011 as 10:27

A presidente Dilma Rousseff enviou uma carta ao colega americano, Barack Obama, na qual ofereceu a cooperação do Brasil no combate ao "extremismo violento" e na construção de uma "ordem internacional mais pacífica e justa".

A mensagem foi enviada às vésperas dos dez anos dos atentados terroristas de 11 de Setembro , pelos quais Dilma expressou solidariedade e pesar aos Estados Unidos.

"Creio que a maior homenagem que podemos prestar aos mais de 3.000 inocentes que pereceram naquela data é, tendo por inspiração a coragem exibida pelo povo dos EUA em face da tragédia, continuar a trabalhar, incessantemente, por um mundo de paz e desenvolvimento", diz a carta.

Dilma lembra ainda o discurso de Obama no Cairo, Egito, em 4 de junho de 2009, quando o americano propôs um recomeço nas relações entre os Estados Unidos e o mundo islâmico.

A presidente diz que compartilha a visão de Obama de que "o extremismo violento deve ser combatido em todas as suas formas" e cita para tanto desde a reconciliação entre o ocidente e o mundo árabe, o respeito à liberdade religiosa e aos direitos humanos e da mulher, e a promoção do desenvolvimento econômico.

"Conte com o Brasil na construção dessa ordem internacional mais pacífica e mais justa", encerra Dilma.   Fonte = Folha

veja também