MENU

Dilma e Serra se despedem dos cargos com inaugurações e viagens

Dilma e Serra se despedem dos cargos com inaugurações e viagens

Atualizado: Terça-feira, 23 Março de 2010 as 12

Prestes a se enfrentarem na campanha eleitoral à Presidência da República, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), terão as agendas repletas de inaugurações e viagens nos últimos dias de trabalho antes de deixarem os cargos para se dedicarem à disputa. 

De acordo com a legislação, ministros e governadores têm que se desincompatibilizar até seis meses antes das eleições, ou seja, até o início de abril. 

Dilma Rousseff

Nesta semana, a agenda de Dilma contemplará viagens pela região Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste. Nesta terça-feira (23), a ministra viaja ao Tocantins com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a inauguração de um trecho da ferrovia Norte-Sul. Na quarta (24), deve ir ao Amazonas, também para o lançamento de uma obra. 

No dia seguinte, a agenda da ministra contemplará o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), uma das principais vitrines do governo federal, e uma visita ao berço político do presidente Lula. A previsão é que ela participe de uma cerimônia do programa em Osasco (SP) e de um congresso de mulheres metalúrgicas em São Bernardo do Campo. 

A ministra deverá dedicar a sexta (26) a uma viagem para a Bahia que incluirá a inauguração de um gasoduto e uma cerimônia do programa Minha Casa, Minha Vida. 

O evento mais esperado para marcar a saída de Dilma no governo deve acontecer no dia 29 de março. Trata-se da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento para os próximos quatro anos, o "PAC 2".

O presidente Lula, que apelidou a ministra de "mãe do PAC", tem dito, em seus discursos, que deixará uma "prateleira repleta de projetos" para serem usados por quem o suceder.

José Serra

A inauguração do trecho Sul do Rodoanel é aguardada como o grande evento que deve marcar o fim da gestão de José Serra no governo de São Paulo, mas ainda não tem data marcada. 

O governo estadual informou ao G1 que trabalha para entregar a obra, assim como a Nova Marginal, até o fim de março. Também são esperadas as inaugurações de estações do Metrô da Linha 4 (Amarela).  

Na semana passada, Serra confirmou que deixará o governo e que sua candidatura será lançada no começo de abril.   

Segundo a assessoria de Serra, a agenda do tucano para os últimos dias como governador ainda não está definida, mas devem entrar na lista de compromissos oficiais inaugurações de faculdades de tecnologia (Fatecs), escolas técnicas estaduais (Etecs) e ambulatórios médicos de especialidades (Ames) no interior do estado.

   Nos últimos dias, o governador tem tido agenda cheia. Na sexta (19), o tucano participou da assinatura de um convênio para construção de uma Etec na capital paulista. No início da tarde, ele seguiu para o interior do estado, onde inauguraria obras em Hortolândia, Mogi Mirim e Mogi Guaçu. 

Na segunda (22), o governador entregou um centro de reabilitação em Campinas, descerrou placas em duas estradas vicinais e reclamou de falta de tempo para inagurar mais obras.  

Para os próximos dias, segundo a assessoria do governo, a previsão é a de que seja mantido o mesmo ritmo - de três ou quatro eventos por dia.

veja também