MENU

Dilma retira formalmente apoio a Geddel Vieira Lima

Dilma retira formalmente apoio a Geddel Vieira Lima

Atualizado: Quarta-feira, 22 Setembro de 2010 as 1:58

A presidenciável Dilma Rousseff , que passou rapidamente por Salvador nesta terça-feira (21), declarou que, a partir deste momento, Jaques Wagner é seu único candidato ao governo da Bahia. Geddel Vieira Lima (PMDB), que antes compartilhava do apoio da petista, se disse surpreso com a atitude.  A justificativa do PT para o novo posicionamento é o desempenho fraco de Geddel nas pesquisas de intenção de votos.

“Agora, nesse exato instante, eu tenho um apoio claro para o governador Jaques Wagner. O Geddel, pelas pesquisas, não está bem situado, tudo indica que a disputa é entre os dois primeiros (Wagner e Paulo Souto – DEM), por isso, eu tenho um candidato: Jaques Wagner”, disse. A declaração de Dilma encerra o palanque duplo de sua candidatura na Bahia e deixa Geddel em situação difícil, uma vez que seu programa eleitoral tem grande destaque às figuras dela e do presidente Lula.

O ex-ministro da Integração Nacional afirmou não entender os motivos de Dilma para mudar de opinião, já que existia um acordo entre PT e PMDB na região para o palanque duplo da candidata. “A Dilma que eu conheci e apoiei quando José Serra estava com mais de 40% das intenções de voto nas pesquisas era uma pessoa muito firme, inclusive porque veio à minha convenção e concordou com o acordo das direções nacionais do PT e PMDB nos Estados. Se mudou de posição, cabe a ela responder”, anunciou.

Geddel disse ainda que, caso seja eleito para o cargo hoje ocupado por Wagner, não terá nenhum problema ou constrangimento em sustentar a parceria com o Governo Federal, uma vez que seu partido continua compondo a base. “Da minha parte, a parceria com o governo Lula é sólida”.

veja também