MENU

Dilma: vamos manter inflação sob controle com crescimento

Dilma: vamos manter inflação sob controle com crescimento

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 11:04

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira, durante evento com milhares de prefeitos, que o governo manterá o compromisso de controlar a inflação e também de seguir com o crescimento da economia.

Dilma fez uma série de promessas aos prefeitos, entre elas a de que a Fazenda vai liberar 520 milhões de reais ainda nesta terça-feira e, em junho, serão liberados outros 230 milhões de reais, totalizando 750 milhões de reais.

Os valores correspondem aos chamados restos a pagar de convênios realizados em 2007 a 2008 e eram uma das principais reivindicações dos prefeitos.

"Reafirmo aqui meu compromisso permanente com o crescimento sustentável, a estabilidade fiscal e a inflação controlada", disse Dilma na primeira parte do discurso, em que fez declarações sobre a macroeconomia.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado na sexta-feira acelerou a 6,51 por cento no acumulado de 12 meses, rompendo o teto da meta perseguida pelas autoridades, que tem centro em 4,5 por cento e tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

À uma plateia que foi a Brasília fazer cobranças, Dilma disse que em 2011 "temos uma situação melhor que no ano passado", anunciando que entre janeiro e abril foram repassados pelo governo federal aos municípios 17 bilhões de reais, um aumento de 32 por cento sobre o mesmo período de 2010. Apontou o crescimento da arrecadação como motivo para a alta.

A presidente disse que trazia outras "boas notícias", entre elas a assinatura de medida provisória para custeio de novas creches e reforma das unidades básicas de saúde. Também disse que o governo vai estender o PAC saneamento a municípios com menos de 50 mil habitantes.

Afirmou que concorda com a emenda 29 que garante recursos à saúde. "Eu concordo com a reivindicação dos municípios, mas todos nós precisamos reconhecer que é uma discussão bastante complexa, porque envolve os três níveis da federação."

A presidente também fez apelo aos prefeitos para atuarem no projeto de superação da extrema pobreza, que será lançado em breve.

(Reportagem de Hugo Bachega)

veja também