MENU

Diretor de "Bonequinha de Luxo" morre aos 88 anos nos EUA

Diretor de "Bonequinha de Luxo" morre aos 88 anos nos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 10:39

Diretor e escritor de comédias sofisticadas, ferinas e sensuais como " Bonequinha de Luxo ", " Um Convidado Bem Trapalhão ",  " S.O.B. " e " Victor ou Victoria ", Blake Edwards morreu na manhã desta quinta-feira (16), aos 88 anos, nos Estados Unidos. Sem dirigir para o cinema desde 1995, ele havia recebido um Oscar honorário pelo conjunto da obra em 2004. Comparado aos grandes diretores de comédias de Hollywood, como Leo McCarey , Preston Sturges e Frank Tashlin, Edwards combinava duelos verbais, pastelão e elementos das comédias mudas com histórias em que o drama e a dor têm o seu lugar e são observados com graça e leveza. Esses elementos estão nos grandes filmes que fizeram sua fama e também em séries mais populares, como " A Pantera Cor-de-Rosa ", com Peter Sellers no papel do inspetor Clouseau.

A carreira extensa, com mais de cinquenta títulos entre roteiros, direções e produções, fez muitos críticos considerarem Edwards um cineasta irregular. Mais do que avaliar regularidade, que no cinema americano está muito ligada a lucro e bilheterias sensacionais, pode-se falar em consistência na carreira desse profissional que conseguiu domar Sellers, consagrou Audrey Hepburn, transformou Dudley Moore em humorista e fez a fama de Julie Andrews, com quem se casou.

Fosse diferente e "Mulher Nota 10", com a "bombshell" Bo Derek, estaria entre as principais referências na carreira de Edwards. Mas é apenas mais um de seus filmes sensuais e intencionalmente rasos, que fez muito dinheiro nas bilheterias por conta de Derek. A playmate convertida em atriz era considerada um modelo de beleza na época, muito antes de Pamela Anderson e o estilo "Baywatch" fazerem sucesso.

veja também