MENU

Distrito Federal tem 2,5 mil moradores de rua, diz pesquisa da UnB

Distrito Federal tem 2,5 mil moradores de rua, diz pesquisa da UnB

Atualizado: Quinta-feira, 9 Junho de 2011 as 9:13

O Distrito Federal tem pelo menos 2,5 mil moradores de rua. O número é de um levantamento preliminar feito por pesquisadores da Universidade de Brasília. A pesquisa foi feita entre abril de 2010 e será finalizada em até dois meses.

De acordo com a professora Maria Salete Kern Machado, do departamento de sociologia da UnB, vai oferecer um perfil das pessoas que moram nas ruas do DF. “Eles enfrentam muito preconceito, e existe muita dificuldade, por exemplo, de serem atendidos em postos de saúde”, afirma Maria Salete.

A pesquisa mostrou que grande parte dos moradores de rua do DF se concentram no Plano Piloto. “Eles se concentram no Plano porque aqui estão concentradas as atividades de trabalho. Eles ficam perto da rodoviária, nos Setores de Clubes Sul e Norte e perto de supermercados, onde podem conseguir alguma ajuda”, conta a pesquisadora da UnB.

De acordo com Maria Salete, outra dificuldade que os moradores de rua enfrentam é a falta de um endereço fixo e de documentos de identificação. “Isso dificulta que a entrada dessa população no mercado de trabalho, assim como torna mais difícil que eles consigam atendimento na rede pública de saúde e na rede pública de ensino.”

No final do ano passado, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) fez um primeiro grande levantamento sobre os moradores de rua do DF (veja vídeo) . A pesquisa mostrou que parte deles trabalha como lavador ou guardador de carros, outros sobrevivem de esmola. A maior parte, 81,8%, tem mais de 18 anos, e os homens são 66% dessa população.

A pesquisa feita no ano passado mostrou também que 80,8% das pessoas que moram na rua são de fora do DF, grande parte veio da Bahia, Minas Gerais e Pernambuco. O desemprego e desentendimentos com a família são os motivos mais comuns que levam as pessoas a morar na rua.          

veja também