MENU

Dois casos de tuberculose são diagnosticados em cadeia do Paraná

Dois casos de tuberculose são diagnosticados em cadeia do Paraná

Atualizado: Quinta-feira, 8 Dezembro de 2011 as 9:07

Dois presos da delegacia de Sarandi, no norte do Paraná, foram diagnosticados com tuberculose. Esta não foi a primeira fez que detentos ficaram doentes na delegacia, que está superlotada. No início do ano, o local viveu um surto de tuberculose. A cadeia de Sarandi tem capacidade para 60 pessoas, mas abriga 177.

“Os presos já estão sendo examinados para a gente evitar novos casos”, afirmou a enfermeira de Vigilância Epidemiológia Ayla Veiga.

A expectativa é de que os doentes sejam transferidos o mais rápido possível. A preocupação é com os outros detentos já que a tuberculose é transmitida pelo ar. Para prevenir a doença é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG e o tratamento é via antibióticos.

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2010, em todo o Brasil, foram diagnosticados 71.930 novos casos de tuberculose. No Paraná, foram 2.393 pessoas infectadas com a doença.

Além desta doença, que atinge principalmente os pulmões, na delegacia existe também a ameaça da dengue. No pátio estão carros, motos e bicicletas apreendidos. Os veículos ficam amontoados e acumulam água parada. O ambiente se tornou propício para a reprodução do mosquito da dengue.

A supervisora de endemias da cidade, Valdice Pompanm, explicou que foi dado um prazo de 30 dias para que o delegado José Maurício de Lima resolva o problema. Caso contrário, a equipe da Vigilância Sanitária vai iniciar um processo estabelecer uma multa.

Filho disse que vai entrar em contato com a Secretaria Estadual de Segurança e pedir autorização para locar um barracão, que comporte o material apreendido.      

veja também