Dois feridos em festa do Olodum no Pelourinho recebem alta em Salvador

Dois feridos em festa do Olodum no Pelourinho recebem alta em Salvador

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:40

Receberam alta médica do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, duas mulheres, de 32 e 45 anos, que foram atingidas de raspão por tiros disparados em festa promovida pela banda Olodum, na Praça Pedro Archanjo, no Pelourinho, na noite de domingo (29). Na ocasião, o jovem Diogo Santos Silva, de 21 anos, foi morto a tiros. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab/BA), uma jovem de 22 anos e uma criança de 11 permanecem internadas, mas o quadro delas não é grave.

O presidente do Olodum, João Jorge, contou que os homens entraram pelo telhado e se dirigiram até o local em que estava a vítima que, segundo a polícia, é apelidada como ‘Pé de Bolo’. O rapaz chegou a ser socorrido para o HGE, mas chegou à unidade de saúde sem vida.

A festa homenageou o Dia da África, comemorado no último dia 25, com participação de alguns blocos afros. Para João Jorge, o crime, que interrompeu a comemoração, é reflexo da insegurança nas cidades do país. “Estamos vivendo uma guerra, em que todos nós somos responsáveis. Um caso desses aconteceria em qualquer lugar de Salvador, motivado pelo tráfico de drogas”, afirma, acrescentando que a luta do Olodum é pela paz.        

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições