MENU

Dois hotéis serão implodidos no centro de Brasília

Dois hotéis serão implodidos no centro de Brasília

Atualizado: Sexta-feira, 28 Outubro de 2011 as 9:38

O Setor Hoteleiro Sul, na área central de Brasília, está sendo preparado para a implosão de dois hotéis. A operação está marcada para acontecer às 10h da próxima quarta-feira (2), no feriado de Dia de Finados, quando uma área de mais de 2 mil metros quadrados deve ser isolada. Para as implosões dos prédios de 12 andares, a equipe deve utilizar ao todo 500 quilos de dinamite.

Os trabalhos de preparação para as implosões começaram há três meses. No espaço que será liberado, a previsão é construir hotéis mais modernos, com cerca de 250 leitos, 12 lojas, centro de convenções e estacionamentos com três subsolos para a Copa de 2014.

O engenheiro responsável pela implosão, Gustavo Fantato, conta que para a operação de demolição será investido R$ 1,3 milhão. Ele explica que os dois prédios vão demorar cerca de cinco segundos para ir ao chão. Depois de 30 dias, a equipe deve retirar todo o entulho da implosão dos hotéis da região.

“Com a experiência de implosão anteriores, a gente estima que entre 30 a 40 minutos após a implosão a gente consiga tirar todo o entulho das vias e toda poeira que será lavada. Teremos caminhões pipas com pessoal de apoio para fazer essa limpeza”, afirmou o engenheiro.

Além da empresa contratada para o serviço, os trabalhos vão mobilizar 260 agentes de segurança e diversos órgãos do governo do Distrito Federal. O trabalho deve começar às 8h da manhã do dia 2 de novembro, quando começará o isolamento da área. A partir das 9h50, será proibida qualquer movimentação no setor.

Isolamento

O isolamento será feito por uma área de 2.140 metros na área central do Plano Piloto. O cerco alcançará os Setores de Rádio e Televisão Sul, Hoteleiro Sul, parte do Setor Comercial Sul e se estenderá até a Praça das Fontes, na Torre de TV.

De acordo com o major da Defesa Civil, Alexandre Ataídes, a operação está prevista para começar no dia anterior à demolição. “A nossa recomendação é que a população realmente obedeça aos agentes públicos que estarão no local. A gente tem uma preocupação que pode estar num período de chuvas no dia da operação”, explicou.

O gerente de hotel Cícero Cavalcante conta que os hóspedes que ficarão hospedados durante o feriado em Brasília já foram informados sobre a operação. O hotel traçou uma estratégia para abrigar estas pessoas durante a operação.

“Nós estamos pensando no hotel vizinho porque vai acontecer no horário do café da manhã. Então, estamos em negociação para saber para onde iremos transferir estes clientes para um lugar seguro, onde eles não terão que sair e onde eles possam terminar o café de forma segura”, afirmou o gerente.    

veja também