MENU

Dois são presos suspeitos de receptação de joias roubadas em SP

Dois são presos suspeitos de receptação de joias roubadas em SP

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 5:02

Duas pessoas foram presas suspeitas de receptação e venda de joias que, segundo a Polícia Civil, foram roubadas da Tiffany & CO. O assalto à joalheria ocorreu em maio do ano passado. As prisões foram realizadas na sexta-feira, em Santos, na Baixada Santista, e na região central de São Paulo, mas só foram divulgadas nesta quarta (9). A polícia recuperou cerca de 30 peças que tinham sido roubadas.

As joias foram encontradas com uma chinesa, de 35 anos, e com um comerciante, de 51 anos. Policiais da 3ª Delegacia de Repressão a Desmanches Ilegais (DRDesmanches) do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) receberam informações sobre o envolvimento do comerciante. Segundo a polícia, ele confirmou a posse das peças roubadas e levou os policiais ao local onde as havia escondido, sob um botijão de gás.

O suspeito indicou onde localizar a comerciante chinesa que estava com o restante das joias. Ela foi detida em sua loja na Rua 25 de Março, centro popular de compras da capital. Ela disse que as peças estavam em sua casa na Aclimação, na região central. Os produtos estavam em um saco em cima de uma cômoda.

Os dois presos foram autuados por receptação pelo delegado Marcelo Bianchi Fortunato, titular da DRDesmanches.    

veja também