MENU

Dono de pousada em Ubatuba - SP é indiciado por corrupção de menores

Dono de pousada em Ubatuba - SP é indiciado por corrupção de menores

Atualizado: Terça-feira, 15 Março de 2011 as 12:56

A Polícia Civil indiciou nesta terça-feira (15), por favorecimento de exploração sexual e por corrupção de menores, o dono da pousada Taiwan, em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. O local serviu de hospedagem para a adolescente Pâmela Fernandes de Oliveira, de 16 anos, que morreu com suspeita de overdose na madrugada de sábado (12).

De acordo com o delegado Fausto Geraldo Moro Cardoso, a medida foi tomada com base no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). A vítima estava na pousada na companhia de três rapazes, todos maiores de idade. No local, foram encontrados vestígios de drogas e, pelo menos, 15 latas de cerveja.

Um dos amigos de Pâmela, identificado apenas como João Paulo, deve prestar novo depoimento na delegacia. Segundo Cardoso, ele já havia falado com um guarda-municipal enquanto a jovem ainda estava internada na Santa Casa da cidade.

- Ele disse que fumou maconha com ela e que usou outra droga, que não soube identificar. Esse rapaz, por já ter 24 anos, pode ser também, enquadrado por corrupção de menores.

O delegado diz que os outros dois acompanhantes de Pâmela – dois turistas do Rio de Janeiro e São Paulo – serão ouvidos até o fim desta semana. Caso não se apresentem ao distrito, terão prisão preventiva decretada.

- Vamos verificar o que esses dois que serão ouvidos têm a dizer para dar novos passos nas investigações.     Segundo Cardoso, outra etapa fundamental é a finalização dos laudos toxicológico, necroscópico e da perícia na pousada, feita pela Polícia Científica. O prazo de entrega é de até 30 dias.  

- Temos que esperar para ver se ela pode ter sido estuprada e quais tipos de droga ela usou.

Desaparecimento

A Polícia Civil confirma que a garota já havia sumido de casa em outras situações. No ano passado, foi elaborado um boletim de ocorrência por desaparecimento.

A mãe da vítima , Bianca Fernandes de Oliveira, afirmou que a filha havia dito, na última sexta-feira (11), que iria a uma pista de skate com o amigo João Paulo.

O rapaz foi até a Santa Casa no sábado, onde a garota estava internada, e tinha sinais de embriaguez e de uso de entorpecentes, segundo a polícia. Para Bianca, a menina foi induzida a usar drogas pelos amigos maiores de idade.    

veja também