MENU

Donos de postos de Cuiabá passam a usar cães para reforçar segurança

Donos de postos de Cuiabá passam a usar cães para reforçar segurança

Atualizado: Sexta-feira, 2 Setembro de 2011 as 12:38

Proprietários de postos de combustíveis de Cuiabá passaram a investir mais na segurança dos estabelecimentos com a aquisição de equipamentos de monitoramento e até mesmo cães treinados, principalmente no período noturno, diante do alto índice de assaltos. Neste ano, 160 postos de combustíveis foram roubados em Cuiabá, segundo dados do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível de Mato Grosso (Sindipetróleo).

O consultor de segurança Ângelo Rodrigues Moraes explica como o animal auxilia na vigilância do local. “O cão pode evitar o furto da arma dos vigilantes porque não deixa que qualquer pessoa se aproxime dele”, frisou. Segundo ele, o cão não oferece nenhum risco aos clientes pelo fato de ser treinado. “O animal recebe os comandos e as ordens do guia, nesse caso, do vigilante”, pontuou.     Na aquisição de câmeras instaladas em locais estratégicos da empresa, o gerente de uma rede de postos, João Bosco, conta que foram investidos R$ 6 mil. A medida, conforme o gerente, foi tomada após o local ter sido assaltado. “Chegaram quatro homens na entrada do posto, atacaram nosso vigilante, que trabalha desarmado. Eles renderam outros três funcionários e permaneceram por quase 20 minutos”, disse.

Além do circuito de imagens, João Bosco afirmou que foram instalados equipamentos para que os diretores da empresa acompanhem de onde estiverem o movimento do local por meio da internet. O investimento facilitou a captura de imagens e a rapidez da gravação e da transmissão, ainda segundo o gerente.

De acordo com o consultor de segurança, os donos de postos são os clientes que mais procuram empresas de segurança privada. “Neste ano tivemos um crescimento de 30% a 35% de procura por serviços de vigilâncias em postos de combustíveis”, informou.          

veja também