MENU

Duas pessoas morrem na noite mais fria do ano em Curitiba, diz IML

Duas pessoas morrem na noite mais fria do ano em Curitiba, diz IML

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 8:41

Dois homens morreram por causa do frio na madrugada de terça-feira (28), em Curitiba, segundo o Instituto Médico Legal (IML). De acordo com o órgão, as duas vítimas sofreram hipotermia, quando há redução da temperatura do corpo provocada pelo frio.

Segundo o Instituto Meteorológico Somar, a madrugada de terça-feira (28) foi considerada a mais fria do ano em Curitiba, quando os termômetros marcaram -0,8ºC. Familiares disseram que as vítimas eram alcoólatras e passaram a noite ao relento, o que teria ocasionado as mortes.

Uma deles, Josué Cabral dos Santos, de 67 anos, era soldador e sofreu hipotermia seguida de  enfarte. A filha Silvana Cabral dos Santos disse ao G1 que o pai era alcoólatra e foi encontrado embaixo da estrutura da casa onde morava com a esposa. "Como tantas outras vezes ele saiu para beber e minhã mãe não viu quando ele voltou. Ele estava tão embriagado que nem entrou para dentro de casa e acabou dormindo ao relento na noite mais fria do ano", afirmou a filha.

Silvana contou ainda que por diversas vezes tentou levar o pai para tratamento, mas ele não aceitava. "Por causa da bebida ele já caiu em valeta e já foi atropelado. Eu e minha mãe tentamos 'forçar a barra' por mais de três vezes para que ele se tratasse, mas não adiantou, ele dizia que pararia com o vício a hora que quisesse e infelizmente essa hora chegou de uma maneira que não esperávamos", disse.

O outro homem, João Hofmann, de 51 anos, foi encontrado no gramado do condomínio onde mora. Ele teve hipotermia seguida de parada cardíaca. Também era alcoólatra, segundo a filha Catrine Hofmann, de 17 anos. "Na noite de segunda-feira (27) ele pediu R$ 50 para a minha irmã e disse que iria pagar uma conta em uma loja de materiais de construção. Mas era mentira, ele gastou tudo em bebida. Ele era aposentado e ficou internado por pelo menos sete vezes, mas o vício tomava conta. Além de tudo, apanhava dos próprios amigos que o acompanhavam nessas 'saídas' e sempre voltava para casa triste, acho que agora ele poderá descansar em paz", desabafou a filha.

De acordo com o Instituto Meteorológico Somar, a madrugada de terça-feira (28) foi considerada a mais fria do ano em Curitiba, quando os termômetros marcaram -0,8ºC.              

veja também