MENU

Dupla suspeita de integrar milícia é presa na Baixada Fluminense

Dupla suspeita de integrar milícia é presa na Baixada Fluminense

Atualizado: Terça-feira, 12 Abril de 2011 as 12:55

Dois homens foram presos, nesta terça-feira (12), suspeitos de envolvimento com uma milícia que atua na região de Mesquita, na Baixada Fluminense, explorando moradores e comerciantes. Segundo a polícia, eles são parentes e foram encontrados em uma casa no mesmo município.

De acordo com o delegado da 53ª DP (Mesquita), Júlio da Silva Filho, contra os suspeitos foi cumprido um mandado de prisão temporária de 30 dias, relacionado a um crime de homicídio cometido em fevereiro deste ano, em Edson Passos, também em Mesquita.

"Eles fazem parte de uma milícia que estava vendendo uma segurança do local. Eles matam para implantar o terror e vender essa segurança, ameaçando e extorquindo moradores e comerciantes", explica o delegado. Os presos foram encaminhados para a 53ª DP (Mesquita), onde o caso foi registrado.

Homicida preso em Belford Roxo

No final de março, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam um homem suspeito de cometer homicídios e também integrar uma milícia na Baixada Fluminense. Segundo a Polícia Civil, contra o suspeito havia seis mandados de prisão por homicídio.

Ele foi encontrado em um centro espírito em Belford Roxo, também na Baixada, após duas semanas de investigações. Para o delegado da DRF, Jader Amaral, o suspeito é um dos maiores homicidas da região e também atuava como agiota. “Ele tem ligação com a milícia que atua na Baixada Fluminense. É o cara que as pessoas chamam quando precisam de ajuda para matar alguém. Ele está sendo investigado, inclusive, pela morte de um policial no ano passado”, disse o delegado, na ocasião.      

veja também