MENU

'Ela tinha uma vida cristã', diz mãe de jovem assassinada em Camaçari

'Ela tinha uma vida cristã', diz mãe de jovem assassinada em Camaçari

Atualizado: Segunda-feira, 4 Julho de 2011 as 8:30

                                    A polícia ainda não sabe quem matou a estudante Adriani Melo de Jesus, de 16 anos. A adolescente foi raptada no bairro Vila de Abrantes, em Camaçari, no último dia 28 (terça-feira), por um carro preto, quando caminhava na rua com seu namorado.

Na tarde do dia seguinte, o corpo da jovem foi encontrado em uma estrada de barro na cidade, que fica na região metropolitana de Salvador. As investigações são de responsabilidade da 26° Delegacia, que acredita que a motivação do crime tenha sido passional.

A mãe da vítima, Adriana Melo, garante que a jovem não tinha qualquer envolvimento suspeito e que era considerada uma adolescente tranquila. “Ela estava na catequese, tinha uma vida cristã. Eu sempre ligava para ela quando ela saía. Espero que a polícia dê providência ao desfecho do crime”, relata a mãe.

Na última quinta-feira (30), o delegado Marcos Tebaldi afirmou já ter ouvido oito pessoas sobre o caso e a hipótese de crime passional foi levantada. Ele espera o resultado da perícia para saber se a vítima sofreu abuso sexual. “Ela teve alguns namorados e a gente sabe que um rompimento pode causar um ato impensado. Agora cabe confirmar”, relata.

O sepultamento da estudante aconteceu no cemitério da cidade na quinta-feira.          

veja também