MENU

'Ele nunca recebeu ameaças', diz sobrinho de prefeito de Jandira

'Ele nunca recebeu ameaças', diz sobrinho de prefeito de Jandira

Atualizado: Sexta-feira, 10 Dezembro de 2010 as 4:39

O caminhoneiro Kleber Lopes da Silva, de 30 anos, sobrinho de Braz Paschoalin, prefeito de Jandira, na Grande São Paulo, assassinado na manhã desta sexta-feira (10) quando chegava a uma rádio local, disse que seu tio não recebia ameaças e era uma pessoa querida pela população. A polícia trabalha com a hipótese de execução. A Polícia Militar informou, inicialmente, que o motorista do prefeito também havia morrido. Mas um delegado confirmou que ele passava por cirurgia na tarde desta sexta-feira no Hospital das Clínicas de São Paulo .

“Por onde você andar em Jandira, só falam bem dele. Não há como a gente prever um crime desses . Que eu saiba, ele nunca recebeu ameaças”, afirmou Silva. “Inimigo todo mundo tem, mas ele não tinha nenhuma desavença pessoal.”

O corpo de Paschoalin será velado no Ginásio Central da cidade, segundo a Prefeitura de Jandira. Ainda não há a confirmação do início do horário do velório. A prefeitura decretou luto oficial por sete dias.

veja também