MENU

Em aniversário de JK, governador promete obras para os 50 anos de Brasília

Em aniversário de JK, governador promete obras para os 50 anos de Brasília

Atualizado: Segunda-feira, 14 Setembro de 2009 as 12

O governo do Distrito Federal anunciou sábado, 12 de setembro, a execução de diversas obras no valor total de R$ 60 milhões para a comemoração dos 50 anos de Brasília e para melhoria da infraestrutura da capital.

O dinheiro será investido na construção de um nova Feira de Artesanato da Torre de TV (R$ 14,9 milhões), ponto turístico na capital; e na criação do projeto Beira Lago (R$ 5,6 milhões), na orla do Lago Paranoá, ao lado da Ponte JK, onde funcionarão restaurantes e pontos de lazer.

Quase a metade dos recursos anunciados (R$ 29 milhões) será utilizada para a construção de terminal rodoviário e para a ampliação da Ponte do Bragueto, que liga o Plano Piloto à saída norte de Brasília.

A ponte dá acesso a regiões administrativas do Distrito Federal e também à Granja do Torto, usada pela Presidência da República para reuniões ministeriais.

Além dessas obras, o GDF promete aplicar mais R$ 10,9 milhões para reforma e ampliação de uma escola de ensino fundamental, construção de um centro de línguas e recuperação de um centro esportivo.

Em princípio, as obras anunciadas devem ficar prontas até 21 de abril do próximo ano, dia do aniversário de Brasília. Apesar da intenção, o  governador em exercício do Distrito Federal, Paulo Octávio (DEM), não garantiu a conclusão das obras até esta data.

"O nosso compromisso não é só com o 21 de abril, mas com o futuro de Brasília. As obras que não ficarem prontas [até abril] ficarão prontas ainda no nosso governo [no final de 2010]", garantiu.

"A ideia é que as obras que puderem ficar prontas ficarão. Aí, estaremos comemorando [o aniversário de Brasília] ao estilo JK: com muitas inaugurações", disse Paulo Octávio, citando o ex-presidente Juscelino Kubitschek, que, se estivesse vivo, faria 107 anos hoje.

Segundo o vice-governador, os gastos para as obras estarão previstos no orçamento de 2010. "Não vão faltar recursos. Não estamos lançando obras sem recursos preparados", assegurou.

O anúncio das obras foi feito após missa em comemoração ao nascimento de Juscelino, realizada atrás do Memorial JK, num local próximo de onde foi realizada a primeira missa de Brasília, em 1957.

Cerca de 500 pessoas acompanharam a celebração que contou com a participação da neta do ex-presidente, Anna Christina Kubitschek, casada com o vice-governador Paulo Octávio. Ela tinha 10 anos quando o avô morreu de acidente de carro.

Em sua memória, ficou a figura de "uma pessoa alegre e determinada, que amava esse país e essa cidade como se fosse sua filha. Brasília está aí, graças à força de vontade, à crença e ao trabalho dele".

Durante a missa, dom João Braz de Aviz, arcebispo de Brasília, rezou "pelos governantes, para que, a exemplo do presidente Juscelino Kubitschek, não desaminem das decisões que tenham que tomar quando forem criticados em seus projetos".

veja também