MENU

Em duas horas, Campo Grande registra duas mortes no trânsito

Em duas horas, Campo Grande registra duas mortes no trânsito

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 12:35

Placar foi inaugurado dia 11 de maio (Foto: Denilson Secreta/prefeitura)

  Duas pessoas morreram em acidentes de trânsito nesta terça-feira (23) em Campo Grande (MS), em duas horas. No total, desde que a Companhia de Policiamento de Trânsito (Ciptran) iniciou campanha de conscientização, onze pessoas morreram em colisões. Um placar foi instalado para apontar o número de dias sem mortes, mas, desde o lançamento, foram apenas dois dias sem acidentes fatais.

Na terça-feira (24), por volta das 17h45, no bairro Estrela Dalva. Um adolescente, de 17 anos, estava conduzindo motocicleta quando ao fazer uma curva perdeu o controle do veículo e colidiu em um muro, morrendo no local. Às 19h45, outra morte: um idoso de 71 anos estava atravessando a avenida Fábio Zahran, na Vila Carlota, em uma bicicleta quando foi atropelado por carro conduzido por universitário de 21 anos.

De acordo com o delegado Roosevelt Vasconcelos, o idoso estava passando por uma trilha que as pessoas usam para cortar caminho e acabou sendo atingido pelo veículo. A vítima foi arremessada e morreu no local. O estudante disse que não viu o homem por causa da falta de iluminação no local. O rapaz passou por teste de bafômetro, que deu negativo, e já foi liberado. Ele vai responder por homicídio culposo (sem intenção de matar) na direção de veículo automotor.

Conscientização

A falta de conscientização das pessoas é uma das principais causas de acidente no trânsito da cidade, segundo a relações públicas da Ciptran, a tenente Cleide Maria da Silva. “Esse acidente que envolveu o menor em uma motocicleta reforça a tese que os acidentes ocorrem por causa de uma decisão do cidadão em cometer uma infração”, disse.

O placar foi instalado no dia 11 de maio na avenida Afonso Pena, uma das mais movimentadas da cidade.          

veja também