MENU

Em Minas, Marina Silva diz que Brasil vive uma 'eleição de surdos

Em Minas, Marina Silva diz que Brasil vive uma 'eleição de surdos

Atualizado: Quinta-feira, 16 Setembro de 2010 as 11:02

 A candidata à Presidência da República pelo PV, Marina Silva, afirmou nesta quarta-feira (15), em Ouro Preto (MG) que esta é uma "eleição de surdos", onde, segundo ela, eleitores parecem não querer escutar o que os candidatos têm a dizer.

“Muito obrigado por estarem prestando atenção no que eu estou dizendo. Nós estamos fazendo uma eleição de surdo, onde as pessoas parecem que nem querem escutar. Eu estou me dispondo a falar e a escutar. Porque nos debates o que estão fazendo é colocando sempre casca de banana, para ver quem escorrega e, no escorregão do outro, qual é o voto que eu ganho", disse Marina em discurso na Praça Tiradentes, a principal da cidade. Em Ouro Preto, a candidata visitou um centro cultural na periferia, depois reuniu eleitores na Praça Tiradentes e saiu em caminhada pela tradicional Rua Direita.

Lideranças do PV em Ouro Preto, candidatos do partido ao Legislativo e o candidato da sigla ao governo de Minas, José Fernando, acompanharam Marina na visita.

O roteiro foi montado para que Marina percorresse a periferia, o centro histórico e a comunidade estudantil da cidade. A candidata passou pela Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e cumprimentou universitários. A presidenciável também comentou sobre o que considera "ganhar perdendo" no pleito.

“Eu disse que, se ganhar, eu quero ganhar ganhando, e não ganhar perdendo. Como é que a gente ganha perdendo? [...] É quando para ganhar você acha que basta ter dinheiro, basta ter tempo de televisão e pra isso faz aliança incoerente de A a Z.”

Durante visita ao Centro Cultural Comunitário Padre Faria, Marina foi presenteada com a bandeira de Ouro Preto, com os dizeres “Precioso Ouro Negro” em latim. Ecoando estratégia da reta final de sua campanha, ressaltou a importância do segundo turno nas eleições.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também