Em MS, jovem mata mãe após defender teorias satânicas, diz polícia

Em MS, jovem mata mãe após defender teorias satânicas, diz polícia

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 11:49

Um adolescente de 17 anos foi apreendido, suspeito de ter matado a mãe de 45 anos, em Aparecida do Taboado, a 467 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, o crime teria sido motivado por divergências religiosas, já que a mulher era católica e contestava o pensamento do filho, que seguia teorias satânicas. O caso aconteceu na sexta-feira (1º) e o jovem permanece na delegacia da Polícia Civil, à espera de encaminhamento.

O crime aconteceu por volta das 20 horas (horário de MS). Segundo o delegado Lúcio Fátima da Silva Barros, os pais do adolescente se separaram há cerca de dez anos e ele morava com o pai, de 45 anos, em Aparecida do Taboado. A mãe mora em Cascavel (PR) e havia chegado naquela semana para visitar o filho.

Segundo a polícia, na manhã de sexta-feira, o rapaz havia sido levado à delegacia, depois que derrubou algumas motos no centro da cidade. “Ele veio para cá só para se acalmar e foi liberado”, disse o delegado. Naquele dia, já em casa, recebeu visitas de psicólogo e do conselheiro tutelar.

A família relatou à polícia que o rapaz recebia atendimento psicológico constantemente. “Imaginava-se que era uma situação controlada”, disse o delegado ao G1 .

Discussão

À noite, mãe e filho discutiram por questões religiosas. De acordo com a polícia, ela era católica e o adolescente era adepto de teorias satânicas. Na discussão, os dois começaram a se agredir e a mulher foi jogada no chão. O pai do jovem a ajudou a levantar e ela foi correndo para cozinha.

O adolescente a perseguiu, pegou uma faca e a atingiu com sete golpes, desferidos no abdômen e no braço. O pai dele saiu correndo, em busca de socorro e o jovem fugiu. A equipe do Corpo de Bombeiros chegou a atendê-la, mas a mulher morreu a caminho do hospital.

O adolescente foi encontrado no sábado, andando na ponte de acesso a Santa Fé do Sul (SP). Barros diz que o jovem é confuso, tentou falar em inglês, espanhol e italiano. No computador dele foi encontrado um vídeo que trata de espiritualidade e renega relatos feitos na Bíblia católica.

A Polícia Civil já fez o auto de apreensão em flagrante, procedimento feito quanto se trata de caso com menores de idade. O adolescente está isolado e aguarda o encaminhamento do Ministério Público Estadual (MPE).          

veja também