MENU

Em Osasco, segue investigação de rapaz morto pela Rota

Em Osasco, segue investigação de rapaz morto pela Rota

Atualizado: Quinta-feira, 29 Setembro de 2011 as 8:37

O Departamento de Homicídios e a Corregedoria da Polícia Militar vão investigar a morte de um rapaz de 26 anos em Osasco, na Grande São Paulo. Ele foi baleado por policiais da Rota, grupo de elite da PM, ao ser abordado dentro de casa. Paulo Alberto de Jesus estava em casa, no meio da tarde de terça-feira (27), quando os policiais chegaram. Amigos e parentes disseram que ele não tinha envolvimento com o crime, mas mesmo assim, foi baleado pelos policiais que investigavam um caso de roubo de carga.

Nesta quarta-feira (28), durante o velório do rapaz, manifestantes tentaram se proteger da polícia no galpão onde parentes se despediam do autônomo. O grupo fazia uma manifestação contra a PM, mas teve que sair correndo quando os policiais começaram a atirar balas de borracha.

“Houve pedradas opor parte da população e a necessidade de uso de meios não letais para conter a população”, afirmou o major Léo Fanin, coordenador operacional da PM

O jovem não tinha passagem pela polícia. Entretanto, a Secretaria de Segurança Pública informou que ele era suspeito de guardar armas usadas em um roubo, e que os policiais foram recebidos a tiros quando o abordaram. Ainda segundo a secretaria, foram apreendidos uma pistola e vários cartuchos na casa dele.        

veja também