MENU

Em três meses, 34 pessoas foram vítimas de bala perdida no Rio

Em três meses, 34 pessoas foram vítimas de bala perdida no Rio

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 12:09

Um levantamento feito pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) mostra que 34 pessoas foram vítimas de balas perdidas em janeiro, fevereiro e março de 2011. De acordo com o estudo divulgado nesta segunda-feira (20), desse total, uma pessoa morreu e outras 33 foram vítimas não-fatais.

Segundo o ISP, em comparação ao mesmo período de 2010, houve diminuição de 24,4% de vítimas. No ano passado, 45 pessoas foram alvos de bala perdida, sendo 4 fatais e 41 não-fatais. A capital registrou os maiores índices de bala perdida no estado. Ao todo, uma pessoa morreu e outras 20 se feriram na região. Na Baixada Fluminense, foram oito vítimas não-fatais; em Niterói, na Regiao Metropolitana, três pessoas se feriram por bala perdida; e no interior do estado foram registradas duas vítimas não-fatais.

O ISP informou ainda que do total de homicídios dolosos ocorridos no período de janeiro a março de 2011, 72,5% foram produzidos com arma de fogo.

Redução de homicídios

Pelo quarto mês consecutivo, o ISP constatou uma redução nos crimes de homicídio doloso em todo o estado. De acordo com dados divulgados no dia 13 de junho, em abril de 2011 foram registradas 403 vítimas de homicídio, contra 432 em 2010, no mesmo período do ano, totalizando uma diminuição de 6,7%. Esta estatística, segundo o ISP, é a menor dentre todos os meses de abril da série histórica, disponível desde 1991. Em março de 2011 , foi registrada uma diminuição de 24% neste tipo de crime, em comparação ao mesmo período do ano passado.     Caem índices de roubo de carros

De acordo com o ISP, outros dois índices também registraram queda. O crime de roubo de veículo apresentou diminuição de 16,3% em comparação ao mês de abril de 2011 com o ano anterior. Foram 1.493 casos em 2011 contra 1.784 no mesmo período do ano passado.

Segundo as estatísticas do ISP, o mês de abril de 2011 totalizou o menor número de roubos dentre todos os meses de abril desde 1992.              

veja também