MENU

Emissoras dos EUA criam corre-corre para ver TV na web

Emissoras dos EUA criam corre-corre para ver TV na web

Atualizado: Segunda-feira, 16 Agosto de 2010 as 10:05

Enquanto no Brasil o telespectador precisa se programar para assistir à maior parte das séries preferidas pela TV, nos EUA as emissoras facilitam a vida do fã, disponibilizando os episódios on-line logo depois de irem ao ar.

Segundo pesquisa recente do Clicker.com, um guia de conteúdo de TV na web, 90% das séries das temporadas 2009/2010 (de setembro a maio) foram colocadas na rede, de graça, pelas cinco principais emissoras americanas -50% delas no dia seguinte à primeira exibição.

No entanto, o espectador precisa correr para ver os episódios, retirados do ar sem avisos. "Às vezes, voltam à rede, mas não há um padrão claro para prever qual voltará e quando", diz o Clicker.

De acordo com a pesquisa, 60% dos episódios estavam off-line três semanas depois de estrearem em um dos cinco canais abordados: ABC, CBS, Fox, NBC e CW.

Em seis semanas, mais de 90% já tinham desaparecido -os dados não consideram os serviços pagos. As cinco emissoras, juntas, colocaram na internet 4.420 episódios inteiros de 127 programas da temporada passada.

A recordista é a CW (de "Gossip Girl"), que disponibilizou 100% de sua programação, enquanto ABC, Fox e NBC ultrapassaram os 90%. A CBS, apesar de ficar abaixo, com 88%, foi a recordista em número de episódios postados: quase 1.750.

Apesar de os números impressionarem, na temporada passada algumas séries ficaram de fora da web, ao menos legal e gratuitamente. A CBS reservou à TV os episódios de "Big Bang Theory" e "The Mentalist"; a NBC resguardou "Law & Order"; a Fox, o "American Idol".

veja também