MENU

Empresa norte-americana instala simulador de caça no Congresso

Empresa norte-americana instala simulador de caça no Congresso

Atualizado: Terça-feira, 16 Agosto de 2011 as 3:45

Homem testa simulador de caça que a Boeing instalou no Congresso (Foto: G1)

  Parece brinquedo de criança, mas não é. Para quem quiser aprender a pilotar um caça, o simulador de voo do Super Hornet F/A-18 está instalado na chapelaria do Congresso Nacional até quinta-feira (18). O aparelho da empresa norte-americana Boeing disputa com a francesa Dassault e com a sueca Saab a venda de 36 aviões-caças ao governo brasileiro.

“Trouxemos o simulador para mostrar os benefícios que podemos oferecer para o poder militar brasileiro”, afirmou o gerente de fomento de negócios da Boeing, Theodore N. Herman. "Essa aeronave é muito fácil de pilotar, qualquer um pode aprender", disse o gerente de simulação de voo John Keeven.

O simulador tem tela de projeção de 180 graus, com realidade virtual de cidades, florestas, estradas e prédios, além de aeronaves inimigas. O sistema também simula combates aéreos, pouso e decolagem em pistas convencionais e até em porta-aviões.

Nesta quinta-feira (18), representantes da Boeing participarão de audiência pública na Comissão de Relações Exteriores do Senado sobre o processo de seleção do governo federal para compra dos aviões de combate, os caças FX-2. Na semana passada, a Saab apresentou aos senadores o modelo Gripen NG. No dia 1º de setembro, a audiência será com a Dassault, que levará o modelo Rafale.

De acordo com a Agência Senado, o Super Hornet é um caça de ataque atualmente usado pela Marinha dos Estados Unidos e pela Real Força Aérea australiana.

O técnico em eletrônica Flávio Souza se interessou em ver como funciona o simulador. ”É uma oportunidade de conhecer uma tecnologia que não temos contato”, disse.

Ainda segundo a Agência Senado, a montagem do simulador pela Boeing foi autorizada pelos presidentes do Senado, José Sarney, e da Câmara dos Deputados, Marco Maia. A agência informou que o espaço está disponível também para outras empresas. O horário para visitação do simulador é o mesmo das visitas ao Senado: das 9h às 17h.          

veja também