MENU

Empresa suspende atividades em refeitório após intoxição alimentar

Empresa suspende atividades em refeitório após intoxição alimentar

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 4:12

Dos cerca de 80 funcionários da empresa de alimentos Seara que passaram mal na manhã da quarta-feira (10) em Amparo, a 133 km de São Paulo, apenas um permanecia internado em observação na tarde desta quinta-feira (11). A suspeita é de intoxicação alimentar, e o problema pode ter sido causado por algum alimento consumido no refeitório da empresa, que é terceirizado, na terça-feira (9).

Após o ocorrido, a cozinha da empresa foi interditada e a Vigilância Sanitária foi acionada para fazer uma vistoria e emitir um laudo do que pode ter provocado a intoxicação. A Seara afirmou, em nota, que decidiu manter suspensas as atividades da cozinha industrial "até que a empresa que opera o restaurante da unidade esclareça o ocorrido e adote todas as medidas que eventualmente possam vir a ser exigidas por autoridades sanitárias".

De acordo com a Seara, dois funcionários não se sentiram bem na terça e apresentaram vômito e diarréia. Eles foram medicados na enfermaria da empresa. Na manhã desta quarta, aproximadamente 80 funcionários apresentaram os mesmos sintomas e foram encaminhados para a Santa Casa e para o Hospital Beneficência Portuguesa, ambos em Amparo.

O restaurante era monitorado desde agosto, depois de denúncias dos funcionários. Entretanto, nada havia sido identificado. A empresa terceirizada que presta serviço de alimentação aos funcionários informou que entregou as amostras de alimentos para a Vigilância Sanitária e enviou por conta própria amostras para outro laboratório fazer a análise.    

veja também