MENU

Empresário é preso suspeito de vender óleo de motor ilegal

Empresário é preso suspeito de vender óleo de motor ilegal

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 11:40

Agentes do programa Delegacia de Dedicação Integral ao Cidadão (Dedic), da 14ª DP (Leblon), prenderam, nesta terça-feira (8), um empresário suspeito de vender óleo de motor para veículos fora das normas regulamentares. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é dono de uma fábrica de óleo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O empresário foi preso por crimes da Lei Ambiental. Segundo o delegado Fernando Veloso, titular da 14ª DP, moradores dos bairros de Ipanema e Leblon, na Zona Sul, prestaram queixa na delegacia após seus veículos apresentaram problemas no motor. Todos utilizaram o óleo lubrificante fabricado pela indústria do suspeito.

Os policiais levantaram os locais onde haviam sido adquiridos os litros de óleo. De acordo com os agentes, os funcionários dos estabelecimentos onde o produto era comercializado indicaram o endereço da fábrica produtora. Fiscais da Agência Nacional de Petróleo foram acionados e constataram que a produção estava em desacordo com as normas regulamentares.

Perícia

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) foram acionados para o local. Eles constataram vazamento de óleo com contaminação do lençol freático. Segundo a polícia, o empresário foi autuado em flagrante por crimes da Lei Ambiental com penas que podem chegar a 10 anos de prisão. Funcionários da fábrica foram identificados e serão ouvidos nos próximos dias.

Ainda de acordo com a polícia, a fábrica foi interditada até que o problema da contaminação do lençol freático seja solucionado.

veja também