MENU

Equipes de busca encontraram mais oito corpos de passageiros do voo da Air France

Equipes de busca encontraram mais oito corpos de passageiros do voo da Air France

Atualizado: Terça-feira, 9 Junho de 2009 as 12

Oficiais da Marinha e da Aeronática informaram na noite de ontem, 8 de junho, em Recife (PE), que mais oito corpos de passageiros do avião da Air France foram resgatados no mar. Até agora, as equipes de busca já recolheram 24 corpos. Todos serão submetidos às perícias iniciais e posteriormente transportados de avião para  Recife, onde os trabalhos de identificação serão concluídos.

Segundo os oficiais, a fragata brasileira Constituição, que está a cerca de 400 quilômetros de Fernando de Noronha, traz 16 corpos. A previsão de chegada desta embarcação ao arquipélago brasileiro é para hoje, 9 de junho, pela manhã. Um helicóptero transportará os corpos do navio para a terra.

Trabalham nas buscas 255 militares da Força Aérea Brasileira, 570 da Marinha, 12 aeronaves e cinco navios, com apoio de outras duas aeronaves e um navio franceses. Em nota, as Forças Armadas afirmam que as operações de busca e resgate continuam sem qualquer interrupção, bem como o levantamento de outros focos de destroços.

Segundo o capitão Giucemar Tabosa, assessor de comunicação da Marinha, os oito corpos recolhidos ontem, dia 8, por um fragata foram localizados 440 quilômetros a Nordeste do arquipélogo São Pedro e São Paulo, em área com 3,5 mil metros de profundidade.

O tenente-coronel Henry Munhoz, assessor de comunicação da Aeronáutica, reiterou que encontrar a caixa-preta da aeronave destruída "não é uma prioridade" da operação brasileira. Ações paralelas dos governos francês e americano são conduzidas com este objetivo. Muitos destroços do avião já foram encontrados, mas a Aeronaútica não dará detalhes sobre as peças. Eles permanecerão nos navios enquanto o resgate dos corpos não for concluído

"A nossa missão é difícil, pode ser que muita gente acredite que não consigamos realizar, mas gostaria que todos soubessem que o nosso objetivo na operação de busca e resgate é não deixar ninguém para trás", disse Munhoz, em referência ao desafio de se localizar os corpos de todas as 228 pessoas que estavam na aeronave francesa no momento do acidente.

veja também