MENU

'Era eu e Deus naquela hora', diz mãe que teve bebê sozinha em MS

'Era eu e Deus naquela hora', diz mãe que teve bebê sozinha em MS

Atualizado: Sexta-feira, 2 Dezembro de 2011 as 1:26

A doméstica Maria Marleide da Silva, 22 anos, que fez sozinha o parto de sua filha na quinta-feira (1º), em Campo Grande, contou que entrou em trabalho de parto na frente dos outros dois filhos, um menino de quatro anos e uma menina de dois anos. “Eles não entendiam o que estava acontecendo, mas ficaram ao meu lado chamando pela neném. O maior ficou segurando minha mão o tempo todo”, contou a doméstica ao G1 . Sem telefone ou celular em casa, a mulher se viu obrigada a fazer todo o procedimento de parto quando a bolsa estourou, incluindo cortar o cordão umbilical da criança com uma tesoura. “Era apenas eu e Deus naquela hora. Ou ia ou ia do mesmo jeito”, disse a mãe.

Horas após o parto, quando o marido de Maria Marleide chegou em casa, a mulher e o bebê foram levados pelos bombeiros a uma maternidade da cidade. Ela disse que fez o acompanhamento pré-natal durante a gestação e esperava o nascimento para o dia 12 de dezembro. “Não imaginava que fosse nascer ontem (1º), a gente nunca sabe a hora. Ela veio porque era para vir”.

Para a doméstica, o momento de cortar o cordão umbilical foi o mais difícil. “Eu tinha uma noção de como cortar, mas fiquei meio preocupada com o umbigo dela, pois não sabia o que fazer depois”.

De acordo com os bombeiros, mesmo sozinha, a mulher fez a maioria dos procedimentos corretamente e não teve nenhuma complicação. Ela apenas deixou de prender o cordão umbilical do bebê após o corte, o que poderia ter causado uma hemorragia.

A criança, que será registrada com o nome de Marcela, nasceu aos nove meses, pesando 3,85 quilos e medindo 50 centímetros. Segundo a maternidade, mãe e filha estão bem e devem receber alta no sábado (3).        

veja também