MENU

Escola e academia terão de indenizar pais de menina morta em elevador

Escola e academia terão de indenizar pais de menina morta em elevador

Atualizado: Quarta-feira, 15 Junho de 2011 as 8:48

O Tribunal de Justiça de São Paulo fixou na terça-feira (14) em mil salários mínimos a indenização por danos morais a ser paga aos pais da menina morta em um acidente no elevador de uma academia. Em 2002, Vytória Vilaça, de 6 anos, estava na academia Fórmula situada em um shopping na Zona Oeste para ter aulas de natação e ginástica.

Duas funcionárias da escola Morumbi acompanhavam as crianças. Vytória dispersou do grupo e entrou em um elevador para deficientes físicos. O equipamento foi acionado e ela ficou presa em um vão entre a porta e a plataforma.

A escola e a academia foram responsabilizadas pelo acidente. O valor de mil salários é mais alto do que o estabelecido na primeira sentença, dada em 2005. Representantes da escola e da academia chegaram a pedir a anulação do julgamento alegando que não tiveram chances de defesa. “A Justiça pode tardar, mas não falha. A Justiça de Deus já foi resolvida no meu consciente e no da mãe”, disse Rodrigo Vilaça, pai da criança.

A defesa da escola Morumbi disse que vai recorrer da decisão. A academia Fórmula foi vendida em 2008. O antigo dono disse, por meio da assessoria de imprensa da academia, que considera o caso um acidente, mas que vai acatar a decisão da Justiça.            

veja também