Esfaqueado após tentar impedir pichação deve deixar UTI nesta sexta

Esfaqueado após tentar impedir pichação deve deixar UTI nesta sexta

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 1:53

O professor de música Walflan Henrique Ribeiro, de 37 anos, esfaqueado na terça-feira (8) após tentar impedir que um grupo de jovens pichasse o muro de seu conservatório musical em Guarulhos, na Grande São Paulo, deve receber alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Carlos Chagas ainda nesta sexta-feira (11). Segundo boletim médico divulgado por volta das 10h, o quadro clínico dele é considerado estável.

Walflan Henrique Ribeiro deu entrada no pronto-socorro na quarta-feira (9). De acordo com a assessoria do hospital, o professor já está com alta médica da UTI e é apenas uma questão de tempo para ele ser transferido para um quarto. Não há previsão exata de horário.     O conservatório de Walflan Henrique Ribeiro fica no bairro Jardim Maia, em Guarulhos. Ao menos seis pessoas estariam pichando a escola. Três suspeitos foram presos por uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM). Os demais suspeitos foram localizados e pegos pouco depois. Dois agressores seriam adolescentes.      

veja também