MENU

Estação Brás ganha cinco escadas rolantes

Estação Brás ganha cinco escadas rolantes

Atualizado: Segunda-feira, 1 Setembro de 2008 as 12

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) iniciou, nessa semana, a instalação de cinco novas escadas rolantes na Estação Brás, por onde circulam diariamente mais de 300 mil usuários. Os novos equipamentos têm alta capacidade de carregamento e possuem sistema inteligente de uso de energia. Após a conclusão da obra, prevista para outubro, os usuários do local terão, no total, 17 escadas rolantes e mais quatro fixas para acesso às plataformas e ao mezanino.

A Estação Brás atende às linhas 10-Turquesa (Luz-Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz-Guaianazes-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana) e faz integração gratuita com o Metrô. As novas escadas estão capacitadas para atender ao número crescente de usuários que a estação vem recebendo. Medem, em média, 22 metros de comprimento por 1,70 metro de largura. Seu sistema inteligente de racionamento de energia faz com que a velocidade seja automaticamente reduzida quando estiver vazia e volte a aumentar, quando o sensor detectar usuários.

As intervenções começaram pela plataforma 1, onde chegam os trens da Linha 10 - Turquesa. Naquele local, uma escada fixa metálica foi desmontada e em seu lugar serão instaladas duas escadas rolantes.

Em seguida, outra escada fixa metálica será removida para a instalação de uma rolante. Desta vez, nas plataformas 4 e 5, de onde partem as composições do Expresso Leste, sentido Guaianazes, na Linha 11-Coral.

Nas plataformas 6 e 7, ponto de chegada e partida dos trens da linha 12-Coral, haverá substituição das escadas rolantes existentes pelas novas, com maior capacidade. Os equipamentos retirados serão instalados na plataforma 8, a única que ainda não possui escadas e a que apresenta menor movimentação de usuários.

Além das escadas rolantes, a estação também ganha mais duas escadas fixas metálicas. Uma para a plataforma 8 e outra nas plataformas 6 e 7. As escadas são metálicas e têm dimensões mais amplas do que as rolantes, para melhorar o controle do fluxo de usuários.

O gerente de Operação das Linhas 11-Coral e 12-Safira, José Augusto Bissacot, explicou que as intervenções foram necessárias por causa do constante aumento da demanda em todo o sistema e especialmente na estação Brás - que apresenta um dos maiores movimentos da rede. "Só para se ter uma idéia, em relação ao ano passado, a quantidade de usuários nas Linhas 11 e 12 aumentou cerca de 13%", exemplificou. "Com a redução dos intervalos entre os trens, que estamos implantando, a previsão é que o número de usuários aumente muito. Estamos pensando no futuro, por isso a instalação dessas escadas".

Ainda de acordo com gerente, a previsão é de que até o final de outubro, todas as escadas já estejam em pleno funcionamento. "Nós preparamos uma programação para a implantação desses equipamentos e à medida que eles forem sendo instalados, serão liberados ao público", afirmou.

Durante as obras, os usuários serão orientados através de avisos sonoros, com mensagens específicas e também com cartazes e banners, que foram preparados e afixados na estação. "Vamos informar ao nosso usuário que o transtorno que ele terá nesses meses, com as obras, será compensado com um melhor conforto depois da instalação das escadas", ressaltou Bissacot.

*Imagem ilustrativa.

veja também