MENU

Estacionamento abre parcialmente após morte de jovem em SP

Estacionamento abre parcialmente após morte de jovem em SP

Atualizado: Quarta-feira, 11 Agosto de 2010 as 3:06

O estacionamento onde um adolescente de 15 anos foi baleado e morreu na tarde de terça-feira (10), na Zona Sul de São Paulo, funcionou parcialmente nesta quarta-feira (11). Apenas o segundo subsolo do estabelecimento na Praça Nossa Senhora Aparecida, na esquina com a Avenida Ibirapuera, ficou fechado porque está isolado pela polícia – foi lá que o tiro atingiu o adolescente.

Um funcionário do estacionamento teria levado uma arma antiga para mostrar aos amigos. Só que ela estava carregada e disparou. Fabrício Gonçalves de Oliveira chegou a ser levado para um hospital particular, mas morreu assim que chegou. As imagens do circuito interno do estacionamento registram o momento em que o estudante leva o tiro. O jovem cai no chão. O dono da arma sai correndo e volta com a mãe e o avô do adolescente. Os três tentam reanimar Fabrício. Mas o tiro acertou o coração dele. O avô do jovem tem um lava-rápido que funcionava junto com o estacionamento. Como a mãe dele também trabalhava no local, o adolescente estava sempre no local. O dono da arma ajudou a socorrer Fabrício, mas ele morreu assim que chegou ao hospital. O homem é manobrista do estacionamento e tinha levado a garrucha antiga, calibre 22, para mostrar aos amigos.

Depois de balear e socorrer o adolescente, o manobrista voltou ao estacionamento, escondeu a arma e fugiu. A polícia realizava buscas nesta quarta-feira (11) na região de Santo Amaro, também na Zona Sul, onde ficaria a residência do homem. Ele só será considerado foragido caso não se apresente até as 15h à polícia. O velório de Fabrício Gonçalves de Oliveira vai ser no Cemitério da Saudade, em São Miguel Paulista. O enterro será no mesmo lugar, mas o horário ainda não foi marcado.

  Postado por: Thatiane de Souza

veja também