Estádio da Fonte Nova é implodido em Salvador

Estádio da Fonte Nova é implodido em Salvador

Atualizado: Segunda-feira, 30 Agosto de 2010 as 8:46

O anel superior do Estádio Otávio Mangabeira, conhecido como Fonte Nova, em Salvador, será implodido às 10h deste domingo (29). O estádio foi palco de um acidente em 2007, que resultou na morte de sete pessoas. No acidente, parte do piso do anel superior do estádio desabou.

No mesmo local será construído um novo estádio, rebatizado de Arena Fonte Nova, que será uma das sedes da Copa do Mundo 2014. A área de 12 mil metros quadrados terá capacidade para 50.433 pessoas.

Na implosão do anel superior, que faz parte da segunda fase do processo de demolição, serão usados 700 quilos de explosivos. Entre 15 e 17 segundos, ele vai estar no chão. O anel inferior já foi demolido por máquinas.

“Serão 1.100 pontos de detonação. É a primeira vez que acontece uma implosão num estádio deste porte na América do Sul”, afirma o engenheiro Manuel Jorge Dias, da Arcoenge Engenharia. A empresa já realizou 72 implosões no Brasil, entre elas a da Penitenciária do Carandiru (fases I e II) e a do galpão em frente ao Aeroporto de Congonhas.

A Arcoenge foi contratada pelo Consórcio Arena Salvador 2014, que vai executar a construção da Arena Fonte Nova.

Segundo Dias, o processo de demolição começou há dois meses, com a derrubada do anel inferior com máquinas e posterior perfuração dos pilares. Nesta etapa, apenas a tribuna de honra não será implodida, segundo o engenheiro. “Como ela está localizada numa área de risco, tanto para os moradores como para as edificações, a previsão é de que na terça-feira (31) façamos a demolição final com máquinas”, afirma. Operação

Segundo informações do Consórcio, os 138 pilares da Fonte Nova foram furados para receber os explosivos.

Cerca de 1.280 pessoas vão participar da operação de evacuação da área no entrono do estádio. As equipes vão ser coordenadas pela Defesa Civil.

Segundo a Coordenação de Defesa Civil de Salvador (Codesal), equipes do órgão vão ser responsáveis pela varredura pós-implosão para examinar a possível obstrução das vias.

Com a demolição da tribuna de honra, prevista para terça-feira (31), o Consórcio Arena Salvador, vai aguardar apenas a liberação do alvará de construção emitido pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom) para iniciar a construção do novo estádio, previsto para o início de setembro. A Sucom afirmou que a liberação do alvará deve sair ainda no mês de agosto.

Postado por:Thatiane de Souza

veja também