MENU

'Estamos dando suporte para que ele não sofra', diz médico de Alencar

'Estamos dando suporte para que ele não sofra', diz médico de Alencar

Atualizado: Terça-feira, 29 Março de 2011 as 12:04

O médico Raul Cutait  afirmou nesta terça-feira (29) que o ex-vice-presidente José Alencar voltou a apresentar uma perfuração no abdômen e que a equipe tem a preocupação de minimizar o sofrimento do paciente. Cutait é um dos coordenadores das equipes médicas que acompanham Alencar no Hospital Sírio-Libanês.

“Ele está em uma fase muito ruim da vida dele. Voltou a ter uma perfuração no abdome, que não tem mais condições de tratamento cirúrgico. Mas estamos dando a ele todas as medidas de suporte para que ele não sofra. Ele está com muito analgésico para não sentir dor, por isso está sonolento o tempo todo”, disse.

O ex-vice foi internado na tarde desta segunda-feira (28) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital, Alencar foi internado "com quadro de suboclusão intestinal, em condições críticas", que significa uma obstrução do intestino com sangramento.     José Alencar tinha recebido alta no dia 16 de março, após ter sido internado no dia 9 de fevereiro por causa de uma peritonite, que é uma inflamação no peritônio - membrana que reveste as paredes do abmônen - causada por uma perfuração no intestino. Ele luta há anos contra um câncer no abdômen.

Homenagem

No dia 25 de janeiro, o ex-vice-presidente foi um dos homenageados no aniversário de São Paulo, depois de 33 dias de internação. Ele se encontrou na ocasião com a presidente Dilma Rousseff, que entregou a medalha de 25 de Janeiro, no prédio da Prefeitura de São Paulo.

No dia seguinte à solenidade, ele recebeu uma autorização da equipe médica do hospital para permanecer em casa. Mas depois voltou a ser internado.    

veja também