MENU

'Estou em estado de choque', diz carnavalesco da Grande Rio

'Estou em estado de choque', diz carnavalesco da Grande Rio

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 11:48

'Estou em estado de choque'. Foi assim que o carnavalesco da Grande Rio, Cahê Rodrigues, definiu o incêndio que atingiu, na manhã desta segunda-feira (7), a Cidade do Samba, na Zona Portuária do Rio.

O carnavalesco acredita que não será possível produzir novamente todo o material que foi atingido pelo fogo até o carnaval, que acontece nos dias 6 e 7 de março. "Em 29 dias é quase impossível de aprontar tudo de novo. Vamos tentar, teremos apoio, mas não sei se vai dar", afirmou.

O barracão da Grande Rio foi destruído e segundo o Corpo de Bombeiros, ainda existem focos de incêndio no local. Os barracões da Uniao da Ilha, Portela e da Liesa, também foram afetados.

"A Grande Rio veio de um vice campeonato. Íamos disputar o título com certeza. Não vamos conseguir de novo todo o material que tínhamos", lamentou Rodrigues.     As chamas na Cidade do Samba, onde funcionam barracões de 14 escolas de samba, começaram por volta das 7h e atingiram três escolas e o barracão cultural da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa). Segundo o Corpo de Bombeiros, 15 carros de sete quartéis e 70 homens foram enviados ao local.

Ainda não há informações sobre feridos, mas a Secretaria municipal de Saúde confirmou que um homem de aproximadamente 30 anos deu entrada intoxicado no Hospital Souza Aguiar, no Centro, depois de ter inalado grande quantidade de fumaça. Ele passa bem e está em observação. Por volta das 9h15, o fogo não tinha sido totalmente controlado. Às 9h05, bombeiros informaram que conseguiram apagar apenas o incêndio no barracão cultural da Liesa.  

veja também