MENU

'Estou no céu', diz Lilia Cabral sobre papel de Helena de Manoel Carlos

'Estou no céu', diz Lilia Cabral sobre papel de Helena de Manoel Carlos

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 1:26

"Realmente não posso reclamar, estou no céu", diz Lilia Cabral sobre a presente fase de sua carreira. A atriz, que atualmente grava o seriado "Divã", já se prepara para protagonizar a próxima novela das 21h, "Fina estampa", de Aguinaldo Silva, e ainda será a próxima "Helena" do autor Manoel Carlos - que sempre batiza suas protagonistas com o mesmo nome.

Lilia fará o papel principal no novo projeto de Manoel Carlos, que deve ir ao ar em 2014 e será possivelmente a última trama da carreira do escritor de 77 anos . "É claro que às vezes me pego pensando nessas personagens que vêm por aí, é um processo inevitável e uma honra, mas preciso viver uma coisa de cada vez", afirmou Lilia em entrevista ao G1, durante intervalo de gravações de "Divã", que tem estreia prevista para abril.

'Divã' vira série

A atriz conta que levar "Divã" para a TV, depois de fazer sucesso no teatro e no cinema, já é a "realização de um sonho". "Quando li o livro original a primeira ideia que me veio à cabeça foi um seriado, acho que a TV brasileira precisa de mais programas voltados para a mullher", opina Lilia, que vive a protagonista Mercedes pela terceira vez. "Daqui a pouco estou achando que sou a Mercedes", brinca.

Na série, que terá cenas rodadas em Nova York, Mercedes é uma mulher de meia-idade recém-divorciada que usa o divã do analista para narrar memórias, angústias, encontros e desencontros amorosos. "Ela se mantém contando as histórias, mas é tudo novo, diferente, e esse é o grande mérito de estar fazendo um programa como esse", conta.

A história começa no ponto onde termina o longa-metragem homônimo, lançado em 2009 e dirigido por José Alvarenga Jr., que também está no comando da série de humor. "Se a gente conseguir, ao terminar cada episódio, que as pessoas pensem na vida de uma outra forma, vamos ter alcançado nosso objetivo", diz Lilia.

veja também