MENU

'Estou sem chão', diz mãe de garoto que marcou encontro pela web

'Estou sem chão', diz mãe de garoto que marcou encontro pela web

Atualizado: Quarta-feira, 10 Agosto de 2011 as 4:09

A mãe de um adolescente de 13 anos que, segundo ela, foi abusado sexualmente por três homens em São Paulo neste final de semana, disse nesta quarta-feira (10) ao G1 que ainda está “sem chão”. A auxiliar de enfermagem de 32 anos, que preferiu não ter seu nome divulgado, contou que o garoto está "desorientado e abatido".

  O adolescente, que vive em Jundiaí, a 58 km de São Paulo, marcou um encontro com os homens por meio de um chat pela internet. Segundo a mãe, ele se encontrou com os homens na Avenida 9 de Julho, em Jundiaí, e de lá foi levado para um apartamento na capital paulista. O garoto contou que ingeriu uma bebida que o deixou "desnorteado". Depois disso, de acordo com a mãe, as relações sexuais aconteceram.

Antes de sair de casa no domingo (7) à tarde, o menino disse à mãe que planejava encontrar com umas amigas. O horário combinado para o retorno foi 18h. Às 20h, a mãe já estava bastante preocupada e ligou para a polícia. No entanto, um boletim de ocorrência só foi feito 24 horas após o desaparecimento.

Segundo a auxiliar de enfermagem, na segunda-feira (8), por volta das 12h, o filho entrou em contato, informando que estava no Centro de Jundiaí e que havia sido assaltado. Os pais foram buscá-lo. Ao chegar ao local, a mãe disse que o garoto relatou que havia sido abusado por três homens e que conseguiu fugir da casa e pegar o trem.

A mãe disse estar "revoltada" com a situação. Segundo ela, o menino contou há cerca de dois meses que era homossexual. Apesar de uma "relutância inicial", a mãe afirmou ter dado apoio à decisão.

A Delegacia da Mulher de Jundiaí investiga o caso. O garoto fez exames no Hospital Paulo Sacramento, onde foram constatados sinais de abuso sexual.          

veja também