MENU

estratégias de Tarso e Yeda no RS

estratégias de Tarso e Yeda no RS

Atualizado: Terça-feira, 24 Agosto de 2010 as 3:14

Com Yeda Crusius (PSDB) inaugurando comitê e Tarso Genro (PT) conversando com eleitores, a segunda-feira seguiu a tendência observada desde o início da campanha. A governadora tem participado de muitos eventos desse tipo, enquanto o petista tem deixado claro, inclusive em seu site de campanha, que quer aprofundar a campanha nas ruas.

Além das caminhadas que regularmente realiza pelo Centro de Porto Alegre, Yeda participa constantemente de eventos para a militância mais efetiva, os chamados “multiplicadores”, geralmente no horário do almoço ou à noite, momentos em que deixa. Impossibilitada de trabalhar muito na campanha por conta da decisão de continuar normalmente suas atividades de governo, Yeda tem buscado fortalecer sua candidatura através dos multiplicadores.

Eventos com prefeitos, inaugurações de comitês e as “Superquartas” do PSDB têm sido recorrentes e fortalecido esse tipo de abordagem.

Na segunda-feira, Yeda participou da inauguração do Comitê Porto Alegre da campanha da Coligação Confirma Rio Grande, na Rua Pelotas. A governadora e seu candidato a vice, Berfran Rosado (PPS) discursaram. Yeda assegurou que o Rio Grande do Sul está fortalecido após seu governo, e que “não vai mais a Brasília com pires na mão”. A festa teve até fogos de artifício.

Militância de rua

Pela manhã, Tarso Genro também seguiu a linha que vem adotando nesse início de campanha. O petista vem buscando recuperar a militância de rua do PT, tradicional força do partido no Rio Grande do Sul. Caminhadas, panfletagens e comícios têm dividido a agenda de Tarso com eventos oficiais, como reuniões com sindicatos e entidades representativas.

A segunda-feira foi dia de panfletagem em frente ao Hospital Conceição, em Porto Alegre. Tarso conversou com pacientes e funcionários do hospital, e prometeu investir alto na Saúde, inclusive através de parcerias com o governo federal. O Programa de Saúde da Família, as Unidades de Pronto Atendimento e os Hospitais Regionais são o foco do programa do PT nesse sentido.

Falando em um encontro com auditores e servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o candidato do PMDB, José Fogaça, defendeu, segunda-feira, o fortalecimento dos serviços públicos no Rio Grande do Sul, e criticou a governadora Yeda Crusius e sua principal bandeira, o déficit zero: “Não é possível que se reduzam despesas contratando menos funcionários”, disse Fogaça.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também