MENU

Estrelas se unem para salvar letreiro de Hollywood

Estrelas se unem para salvar letreiro de Hollywood

Atualizado: Quinta-feira, 25 Março de 2010 as 12

O famoso letreiro de Hollywood, nas colinas do norte de Los Angeles, está ameaçado por um projeto imobiliário, o que levou um grupo a arrecadar milhões de dólares, com a participação de estrelas como Steven Spielberg e Tom Hanks, para salvar este ícone da cidade do cinema.

A organização que luta para salvar o letreiro revelou nesta quarta-feira que tem três semanas para arrecadar os três milhões de dólares que faltam para comprar o terreno onde estão as grandes letras formando o nome Hollywood.

O letreiro foi instalado em 1923 em um terreno que hoje pertence a um grupo de investidores sediado em Chicago, que adquiriu os direitos para construir um complexo de quatro mansões ao longo da colina.

O mesmo grupo pretendia vender a área onde está o letreiro para uma imobiliária, por 22 milhões de dólares, mas diante da mobilização de líderes comunitários, resolveu baixar o preço para 12,5 milhões e vendê-lo ao grupo sem fins lucrativos Trust for Public Land.

O valor precisa ser pago até o dia 14 de abril, e ainda faltam três milhões para salvar o letreiro.

"Estamos falando com um monte de gente e nos sentimos próximos de atingir nosso objetivo", disse à imprensa Tim Ahern, porta-voz do grupo.

Do total já arrecadado, 9,5 milhões de dólares, 4 milhões vieram de fundos públicos e 5,5 milhões de doações privadas, incluindo a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que concede o Oscar. Entre as estrelas que contribuíram estão Steven Spielberg, Tom Hanks e sua mulher Rita Wilson.

veja também