MENU

Estudante de direito é preso em boate ao se passar por juiz, diz polícia

Estudante de direito é preso em boate ao se passar por juiz, diz polícia

Atualizado: Sexta-feira, 20 Agosto de 2010 as 4:08

Um homem, de 32 anos, foi preso na madrugada desta sexta-feira (20) ao se passar por juiz numa boate, em Ipanema, na Zona Sul da cidade. De acordo com a polícia, o rapaz estaria alcoolizado e teria agredido, sem motivo aparente, algumas frequentadoras da festa. Ao receber voz de prisão, ele confessou que era estudante de direito.

O delegado responsável pela prisão, Fernando Veloso, da 14ª DP (Leblon), informou que as mulheres agredidas ligaram para a polícia pedindo ajuda. Ao ser abordado, o estudante desacatou os agentes e se identificou com juiz de direito. No entanto, segundo a polícia, o rapaz mostrou uma falsa carteira de juiz arbitral, com o brasão da República.

Ele foi preso e autuado pelos crimes de falsificação de selo público e injúria. De acordo com o delegado, a pena para esses crimes pode chegar a dez anos de reclusão.

A polícia informou ainda que o falso juiz já respondeu anteriormente pelos crimes de dano e ameaça.

veja também